21 de mai de 2011

Osteocalcina para aumento da testosterona e tratamento da infertilidade


As hormonas sexuais já são conhecidas por desempenhar um papel importante para manter os ossos saudáveis – mas a relação pode ser uma via de dois sentidos. Novas evidências sugerem que os ossos são importantes para controlar os níveis de testosterona.

Gerard Karsenty da Universidade de Columbia, em Nova York e os seus colegas aplicaram osteoblastos – células ósseas envolvidas na construção de um novo osso – em culturas de células retiradas de ambos os testículos ou ovários de ratos.

Eles descobriram que células de testículos tratados com células ósseas aumentaram a sua produção da hormona testosterona por três vezes. As células dos ovários, por outro lado, não mostraram nenhuma mudança ao nível de produção das hormonas progesterona e estradiol.

A equipa de Karsenty, concentrou-se mais na osteocalcina – uma hormona produzida pelos osteoblastos. Eles descobriram que células de testículos tratadas com uma forma activa da hormona, libertavam testosterona – e quanto mais hormona receberam, mais testosterona produziram. Injectar a hormona em ratos vivos, aumentou os níveis de testosterona na corrente sanguínea de forma semelhante.

Para descobrir se esse efeito sobre a produção de testosterona pode afectar a fertilidade dos ratos, a equipe retirou o gene da osteocalcina num grupo de roedores. Estes ratos geneticamente modificados possuíam testículos significativamente menores e uma contagem de esperma mais baixa do que os ratos normais da sua espécie – e quando o grupo os cruzou com fêmeas normais, descobriram que o tamanho do “pequeno” éra cerca de metade do normal.

Ratos e homens

Rebecca Sokol da Universidade de Southern California em Los Angeles, está intrigado com os resultados. “Estou particularmente surpreso com a ausência de efeitos em ratos do sexo feminino”, diz ela.

Karsenty também está estupefacto. “Ficamos espantados”, diz ele. “Não me pergunte por que motivo a hormona só afecta os machos, porque eu não sei.

Ele pensa que a hormona também pode aumentar a fertilidade em homens, já que se tem vindo a descobrir muitas hormonas que têm os mesmos efeitos em ratos e seres humanos. A sua equipe está actualmente a estudar a possibilidade de utilizar a osteocalcina como uma opção de tratamento para homens inférteis.

Já se sabia que os ossos libertam hormonas. Há alguns anos atrás, o mesmo grupo verificou que a osteocalcina tem um papel na manutenção dos níveis da glicose do corpo

0 comentários:

Postar um comentário

Online Users
Central Blogs
Top Sports blogs

Redes Sociais

Twitter Facebook Delicious Digg Stumbleupon Favorites