31 de mai de 2011

Como os agachamentos-saltos podem ajudar as pernas a crescer mais rapidamente


Três séries de agachamentos/saltos (jump squats), são uma excelente forma de adicionar variedade aos seus treinos de pernas. De acordo com os cientistas de desporto da Universidade AUT na Nova Zelândia, fazer agachamentos/saltos no final de uma sessão de treino de pernas, eleva a síntese de testosterona, que acelera o desenvolvimento de força e massa muscular.

Existe um número de estudos que sugerem que a adição dos exercícios pliométricos ao treino de força, aumenta a força e acima de tudo a potência. Parece que, exercícios como o agachamento salto, estimulam os músculos das pernas duma forma diferente dos exercícios de musculação habituais.

Os investigadores pensavam que o efeito do treino pliométrico se devesse às hormonas anabólicas, De acordo com os cientistas, o rácio entre o destruidor de músculo cortisol e o construtor testosterona durante e imediatamente após uma sessão de treino, prediz a extensão a que o treino fortalece e desenvolve os seus músculos.


Agchamento-saltos

Os investigadores colocaram 13 jogadores de rugby a realizar quatro sessões de treino. Os atletas começaram cada sessão com 4 séries de agachamento. Depois, realizaram 3 séries de agachamentos-saltos [potência] ou 3 séries de agachamentos-caixa (box squats) [força]. Depois disso, fizeram uma pequena pausa e depois fizeram outras 3 séries de agachamentos/saltos ou 3 séries de agachamentos-caixa.

Desta forma, os investigadores puderam estudar os efeitos hormonais de 4 combinações: força-força,, força-potência, potência-potência e potência-força.

Cada uma das 3 séries de agachamentos-caixa, consistiram em 3 repetições com um peso com o qual os atletas apenas conseguiam realizar no máximo, 3 repetições. As séries de agachamentos-saltos consistiram em 3 séries com 50% do peso com o qual os atletas apenas podiam realizar 1 repetição de agachamento-caixa.

A concentração de testosterona na saliva dos voluntários subiu mais durante a combinação força-potência – em 13%.


Tabela 1


Os investigadores não detectaram efeitos claros nos níveis de cortisol e afirmaram:

“Uma sequência de exercícios complexa, proporcionou um ambiente anabólico optimizado para a adaptação, em comparação com outros métodos de treino examinados. Pensamos que a obtenção de ganhos superiores associados a este esquema de treino, esteja relacionada com as melhorias no ambiente hormonal.”

Referência! / Fonte!

0 comentários:

Postar um comentário

Online Users
Central Blogs
Top Sports blogs

Redes Sociais

Twitter Facebook Delicious Digg Stumbleupon Favorites